NARCÓTICOS ANÓNIMOS
Região Portuguesa

Meditação do Dia

Quarta, 30 de Julho de 2014


Inventário regular
"Continuarmos a fazer um inventário pessoal significa formarmos um hábito de olhar regularmente para nós mesmos, as nossas acções, atitudes e relações." II Texto Básico, p. 48

Fazer um inventário regular constitui um elemento-chave no nosso novo padrão de vida. Na nossa adicção olhávamos o menos possível para nós mesmos. Não nos sentíamos felizes com a forma como vivíamos as nossas vidas, mas não achávamos que podíamos mudá-la. Um auto-exame seria, na nossa opinião, um doloroso exercício de futilidade. Hoje, tudo isso está a mudar. Onde antes éramos impotentes perante a nossa adicção, encontrámos um Poder superior a nós mesmos que nos ajudou a parar de usar. Onde antes nos sentíamos perdidos, encontrámos orientação na experiência dos nossos companheiros em recuperação e no contacto crescente com o nosso Poder Superior. Não precisamos de sentir-nos prisioneiros dos nossos velhos padrões destrutivos. Temos a escolha de poder viver de forma diferente. Ao estabelecermos um padrão regular para fazermos o nosso próprio inventário, damos a nós próprios a oportunidade de mudar tudo aquilo que nas nossas vidas esteja mal. Se tivermos começado a fazer algo que cause problemas, podemos começar a modificar o nosso comportamento antes que isso fique fora de controlo. E se estivermos a fazer algo que evite que aconteçam problemas, podemos também tomar nota disso e encorajar-nos a nós próprios a continuar a fazer aquilo que resulta.

Só por hoje: Vou comprometer-me a incluir um inventário regular no meu novo padrão de vida.

Deseja receber as Meditações diáriamente no seu email?

E-mail:    Subscrever   Remover  
© Só por hoje - Meditações diárias para adictos em recuperação
ISBN 1-55776-426-3 Portuguese 2/03
Associação Portuguesa de Narcóticos Anónimos
Copyright (c) 2003, NA World Services, Inc. Reprinted by permission. All rights reserved