NARCÓTICOS ANÓNIMOS
Região Portuguesa

A interacção com os pacientes

Em comunidades locais onde Narcóticos Anónimos já está bem estabelecido, nós oferecemos uma variedade de serviços que facilitam a interacção entre seus pacientes e nossa irmandade.

Embora normalmente não tomemos a iniciativa em intervenções, oferecemos algo chamado de "Décimo Segundo Passo" que poderia ser utilizado depois de uma intervenção. Se o seu paciente concordar, você pode ligar para a linha de ajuda local de NA e pedir que alguns companheiros experientes de NA visitem seu paciente para explicar o que é o programa de NA. Para evitar confusões, seria bom se o paciente ligasse por si mesmo.

Comités de serviços locais organizam regularmente apresentações de painéis do programa de NA para grupos de pacientes e detidos em estabelecimentos prisionais. Estes painéis são organizados pelas subcomissões de "Hospitais e Instituições" e são conhecidos como "Painéis de H.I.". Se você quiser que um painel de H.I. seja apresentado aos seus pacientes, contacte a subcomissão de Relações Públicas da Região Portuguesa, pelo telefone 93 175 12 41, e peça informação.

Visitas dos seus grupos de pacientes são muito bem vindas às reuniões de Narcóticos Anónimos - na verdade, nossa literatura diz que, "o recém chegado é a pessoa mais importante em qualquer reunião de NA". Se você quiser levar um grupo de pacientes para visitar uma reunião de NA, é só ligar para a linha de ajuda ( ou consultar a lista de reuniões ) para saber onde e quando a reunião mais próxima a você acontecerá. Se você for trazer um grupo grande, você pode querer perguntar se o grupo tem condições ou não de acomodar seu grupo de pacientes.

Muitas reuniões de Narcóticos Anónimos costumam ter uma pessoa na reunião que assina as cartas de verificação de frequência para pessoas em centros de tratamento ambulatórios e pessoas indicadas pelo sistema judiciário. Você deve estar ciente que em algumas reuniões de NA, a pessoa que assina a carta pode fazer um esforço especial para enfatizar ao paciente que tal serviço está sendo feito para o paciente, não por causa de alguma afiliação entre sua organização e Narcóticos Anónimos. Você também deve estar ciente do facto de que em outras reuniões de NA, não é costume assinar as cartas de frequência, pois em alguns locais, este tipo de serviço poderia criar a impressão de afiliação entre NA e outras organizações. Se você tiver quaisquer dúvidas sobre esse serviço, entre em contacto com a linha de ajuda local de NA. Se a pessoa que receber a sua ligação não souber lhe responder, peça para que um servidor ou o coordenador da subcomissão de Relações Públicas, do comité de serviços de área ou do comité de serviços da região retorne sua ligação.

Se você acreditar que Narcóticos Anónimos pode ser útil aos seus pacientes, você pode encorajá-los a pedir a membros mais experientes de NA - padrinhos ou madrinhas - para ajudá-los a se integrar no seu programa de recuperação. Tudo que eles precisam fazer é prestar bastante atenção nas reuniões de NA até ouvir alguém com quem se identifiquem, preferivelmente alguém do mesmo sexo. Uma vez que tenha encontrado alguém, deve pedir àquela pessoa para conversar mais. Se tudo ficar bem, deve pedir a esta pessoa que o apadrinhe. A pessoa pode recusar - talvez porque já apadrinham um grande número de pessoas, talvez porque não se sintam prontos para tal responsabilidade. Se aceitar o pedido, o padrinho e/ou madrinha ajudará seu paciente a trabalhar os Doze Passos de NA e oferecerá a ele ou a ela sua própria experiência como auxílio ao programa de NA; estes são os únicos serviços prestados por padrinhos e/ou madrinhas. Padrinhos e/ou madrinhas não cobram taxas para os serviços prestados aos seus afilhados.

Finalmente, é provável que o serviço mais importante que podemos oferecer ao seu paciente é o ambiente de um grupo de Narcóticos Anónimos: um lugar onde outros adictos possam oferecer a esperança de recuperação ao seu paciente, baseada em sua própria experiência pessoal. A atmosfera de um grupo de NA é intensamente social; se o seu paciente tiver dificuldades nesta área, você provavelmente vai querer prepará-lo especialmente para sua primeira reunião de NA. Uma vez que seu paciente tiver um vínculo forte com um grupo de NA, normalmente depois de ter frequentado reuniões durante várias semanas, seu paciente contará com o apoio pessoal 24 horas por dia dos contactos de NA feitos nas reuniões. Os membros de Narcóticos Anónimos não só esperam pedidos de ajuda dos recém-chegados - eles encorajam activamente tais pedidos, percebendo seu trabalho com os membros mais novos como parte integrante do seu próprio programa de recuperação.

Contacto para Profissionais e Instituições: 93 175 12 41